29 09, 2013

Burger 700

Por |setembro 29th, 2013|Burger, Hamburguer, Lanchonete, Sanduíche, São Paulo|1 Comentário|

700-5

Estão abertos a apenas 5 meses ao lado do já conceituado Geribá, na Av. Sumaré 700. Possuem também os mesmos donos. Assim o Burger 700, cuja origem do nome é óbvia, além do local privilegiado, também herda o modo de administrar o restaurante.

Enfim, locais novos sempre demoram um pouco para acertar todos os pontos, e nesse caso talvez seja o atendimento que demande as maiores observações. Os lanches são ótimos e o local muito agradável, mas a sugestão de garantir empatia com o cliente deve ser a mais importante. Além de dar a cada garçom mesas estipuladas, já que ser atendido por vários garçons prejudica a interação. O tempo de resposta ao atendimento é lento, principalmente se sentar nas sofás. Ficamos esperando algumas vezes por mais de 10 minutos até perceberem que estávamos necessitando de atendimento.

Mas ok, este problema não prejudica o principal, os sanduíches. Todos eles nomeados com as ruas do bairro, Iperoig, Turiassu, Apiacás, Apinagés, Tucuna, Cotoxó, enfim, todas estão lá, optamos então pelas ruas Sumaré e Caraibas.

Antes de descrever os sanduíches, vale citar o ambiente, com pé direito alto e ar condicionado, com uma ótima vista para a Avenida Sumaré. Já vale a visita para desfrutar do conforto oferecido pelos espaçosos sofás embutidos.

O Caraíbas é enorme e leva um hambúrguer de 150g, cebola frita com muito molho barbecue, catupiri e maionese da casa. Vale comer com as mãos mesmo, apesar dos óbvios riscos envolvidos decorrente do volume de recheio. Para os que não desejam se divertir, os talheres estão ali para facilitar a degustação. Carne macia e ingredientes de primeira! É tão bom e equilibrado que nem necessita de catchup!!

O Sumaré tem também o hambúrguer de picanha, alface a juliana, tomate, bacon, onion rings, creme de queijo e enfim o molho barbecue. Também aprovado. Conhecemos bem a região, e talvez seja uma das melhores hamburguerias do bairro de Perdizes.

Sim, há várias entradas, e a batata frita também vale a visita (sobre batatas esperem o post do Degas, ali perto, na Avenida Pompéia). Fazia algum tempo que não provávamos uma boa batata como essa. O onion ring da casa é simples e bom, não espere os tradicionais, esse é feito com cebola empanada frita mas bem finas.

Na próxima visita teremos que provar as batatas rústicas gratinadas. Pareciam ótimas!

Finalizamos com waffles de Nutella (com sorvete de chocolate e ovomaltine) e outro de doce de leite (com sorvete com chocolate branco, farofa doce e castanhas). Na opção de apenas 1 escolha, opte pelo de Nutella.

Os preços são convidativos, e os garçons honestos quanto ao tamanho dos pratos.

Sanduíche Sumaré

Sanduíche Sumaré

Onde: Av. Sumaré, 700. São Paulo, SP.
Quanto: Sumaré: R$ 23,00. Caraibas: R$ 22,00. Fritas: R$ 6,00. Waffles: R$ 17,00. Refrigerante: R$ 4,70.
Quando: 12h00 às 1h00 (domingo a quinta); 12h00 até último cliente (sexta e sábado)
Opção Vegetariana: Sim.
Sugestões: sente nos sofás.
Como pagar: dinheiro ou cartão.
Estacionamento: Não. (apenas Vallet)
Faz entrega: Sim.
Perto do metrô: Sumaré.
Acessibilidade: Sim.
Site: http://www.burger700.com.br
Telefone: (11)  2366.8223
Data visita: Setembro de 2013.
Observação:

Waffles de Nutella

Waffles de Nutella

ótima batatas fritas

ótima batatas fritas

9 08, 2013

Árabe em Perdizes

Por |agosto 9th, 2013|Árabe, Restaurantes, São Paulo, Uncategorized|1 Comentário|

Ok, parece que não, mas realmente é coincidência que este seja o quarto post de um restaurante árabe. Ok também que até agora não nos decepcionamos com nenhum, assim a possibilidade de um quinto post similar aumenta a cada dia. (inclusive esperamos por isso!!!)
Gosto do bairro de Perdizes, na zona Oeste de São Paulo, cujo nome é decorrente das chácaras que ali criavam essa espécie de ave. O bairro é tranquilo, e os frequentadores sempre muito amistosos. E assim também é a Casa Cury.
Ela possui uma fachada que lembra as antigas mercearias, com porta de correr e pé-direito alto, o que também promove um ambiente simples, com poucas mesas e portanto muito acolhedor.
A atendente e a gerente Alessandra são muito simpáticas, mas com apenas 2 (dois) meses com a casa aberta, algumas vezes o atendimento atrasa, fator minimizado pela preocupação constante dessas; e totalmente esquecido quando os pratos começam a chegar. Daí só resta saborear.
O chefe Celso Cury comanda a cozinha, além de eventualmente percorrer o salão e também demonstrar simpatia no atendimento. Já falei muitas vezes aqui sobre a importância da relação Restaurante X Cliente, e neste ponto tudo foi perfeito na Casa Cury.
Entrada: os tradicionais, coalhada, homus e babaganuche, com o sempre bom pão pita. Ótimos.
Pratos: falafel, charutos de carne com folha de uva e o Iskender kebab, um prato com carne assada e fatiada, coberta com um ótimo molho de tomate, tudo sobre o pão pita, acompanha salada e coalhada seca. Todos ótimos, adaptados para o paladar brasileiro, ou seja, sem excesso de temperos. Valem também o chá de hibisco e o chopp Bamberg.
E por último, um importante fator, o preço. A Casa Cury possui preços justos, o que deve ser valorizado com a constante visita de todos admiradores da comida árabe.

Coalhada, babaganush e homus.

Coalhada, babaganush e homus.

Onde: Rua Apinajés, 597. São Paulo, SP.
Quanto: Pratos em média R$ 18,00 a 50,00
Quando: 4ª a sábado: 17-23h; domingo: 13-18h
Opção Vegetariana: Sim.
Sugestões: Optar por um dos pratos descritos na lousa.
Como pagar: dinheiro ou cartão.
Estacionamento: Não.
Faz entrega: Não.
Perto do metrô: Sumaré. (mas não muito).
Acessibilidade: Não.
Site: –
Telefone: (11) 2589.1218
Data visita: Agosto de 2013.
Observação: Peça a sugestão do chefe.

Iskender kebab

Iskender kebab